BNDES Token

Em parceria com a Fundação Ethereum, o BNDS criou um token virtual, a partir do protocolo ethereum ERC-20. O objetivo do token é conseguir rastrear o caminho feito pelos recursos do BNDS. De acordo com o resumo do Whitepaper, o BNDSToken será usado para garantir

“transparência para a sociedade ao longo do repasse de recursos entre as pessoas jurídicas apoiadas”, além disso, o projeto também pretende “gerar insumos para criação de novos produtos de financiamento, simplificar o acompanhamento das operações e produzir dados para subsidiar análise agregada dos benefícios originados pelos empréstimos do banco.”

O token não tem emissão pré-definida, ele será criado de acordo com a necessidade de novos financiamentos e seu valor está lastreado ao real e, de acordo com o Whitepaper, o token terá uma circulação restrita para evitar a criação de um mercado secundário:

“Cada unidade do BNDESToken equivale a um Real (1:1). A cotação fixa é um modo simples de criar uma marcação na moeda nacional. O BNDESToken é distribuído nos financiamentos e, em todo momento, o token é propriedade de quem teria a propriedade do Real. (…) O BNDES emite o token durante a liberação do recurso, o token pode ser transferido algumas vezes na cadeia e depois deve necessariamente ser resgatado perante o Sistema BNDES. Essa premissa visa evitar a criação de um mercado secundário do uso do token, o que poderia introduzir risco regulatório.”

Deixe um comentário